Notícias

  • Febre amarelaSaúde esclarece mudança na recomendação da vacina contra febre amarela

    Em 2020 o Ministério da Saúde (MS) passou a recomendar uma dose de reforço da vacina contra febre amarela para quem se imunizou antes de completar 5 anos de idade. O objetivo é aumentar ainda mais a eficácia da vacina nesse público.

    A medida foi tomada após estudos científicos recentes que demonstraram uma diminuição na resposta imunológica da criança que é vacinada muito cedo comparado com quem foi vacinado com uma única dose com mais idade.

    A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) orienta a população a conferir se está com a vacina em dia. Basta acessar o Aplicativo Saúde Já, disponível para smartphones e tablets com os sistemas operacionais Android e iOS. Outra alternativa é procurar a unidade de saúde mais próxima de casa.

    Leia mais...
  • Saúde divulga novos números de casos de sarampo em Curitiba

    Balanço divulgado nesta quinta-feira (16/1) aponta 459 casos confirmados de sarampo em Curitiba desde agosto de 2019 – 52 deles são novos. A faixa etária em que há maior número de registros confirmados é entre 20 e 29 anos, 54% do total. A idade mediana segue 22 anos. Em apenas 23 casos (5%) foi necessária a internação hospitalar e todos já tiveram alta.

    Além dos confirmados, a Secretaria Municipal da Saúde investiga, em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SESA-PR), 633 casos suspeitos da doença no município – a maior parte só pode ser confirmada após a realização de exame de sangue, coletado sete dias após o surgimento das manchas vermelhas na pele.

    Leia mais...
  • Prefeitura define nova data para entrega de propostas de OS por UPAs

    A Prefeitura de Curitiba remarcou para a próxima segunda-feira (20/1), às 8h30, a data de entrega dos envelopes com propostas de organizações sociais para gerenciamento das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) Boa Vista, Cajuru e Sítio Cercado.

    Isso foi possível porque nesta quarta-feira (15/1), o desembargador Carlos Mansur Arida, da 5ª Câmara Cível, revogou a decisão da liminar concedida pela juíza plantonista de 2º Grau Denise Antunes, que havia suspendido o edital 10 dias antes.

    Leia mais...
  • Unidade Saúde Concórdia é fechada para reforma; atendimento vai para Sagrado Coração

    A Unidade de Saúde (US) Concórdia, no bairro Pinheirinho, estará fechada a partir da próxima segunda-feira (20/1) para uma pequena reforma. A obra deve durar quatro semanas.

    Neste período, o atendimento será transferido para a US mais próxima, Nossa Senhora do Sagrado Coração (Rua Antonio Claudino, 375, também no Pinheirinho), das 7 às 19 horas.

    Leia mais...
  • barbaraFeas contrata 47 médicos e convoca mais 41 para a Saúde de Curitiba

    A Fundação Estatal de Atenção à Saúde (Feas) contratou 47 médicos e convocou outros 41, que devem se apresentar até esta quinta-feira (16/1). Eles vão trabalhar na Maternidade Bairro Novo, Centros de Atenção Psicossocial (Caps), Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Unidades Básicas de Saúde.

    Os médicos foram aprovados por Processo Seletivo Público (PSP) realizado em 2019. Do total de profissionais convocados desde 26 de dezembro, 43 são médicos generalistas (quatro foram para unidades de saúde); um é pediatra; dois são anestesiologistas; e um é pneumologista.

    “A Feas tem um papel importante no sistema de saúde em Curitiba no gerenciamento de serviços de saúde e desde maio de 2019 passou a atuar na atenção primária. Essa ampliação do escopo da Feas traz a agilidade de que a saúde precisa para dar respostas adequadas às necessidades da população”, disse a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak.

    Leia mais...

Unidades de Saúde

Unidades de Saúde

Confira a lista de endereços dos equipamentos da SMS.

Leia Mais

Orientação e Prevenção

Orientação e Prevenção

Veja como ter uma vida saudável e manter hábitos de proteção da sua saúde.

saiba mais

Ouvidoria SUS Curitiba

ouvidoria-sus

Sugira, Critique, Elogie e tire suas duvidas. Conheça a Ouvidoria do SUS Curitiba.

Saiba Mais                                       

 

Taxa de mortalidade infantil

A taxa de mortalidade infantil em Curitiba apresenta uma tendência constante de queda.

taxaMortalidade1997-2018


Fonte: Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM); Sistema de Informação sobre Nascidos Vivos (SINASC)
Elaboração: SMS Curitiba - Centro de Epidemiologia/CEV
Nota: 2017* dados preliminares

A Secretaria

  • Planejar e executar a política de saúde para o Município de Curitiba
  • Responsabilizar-se pela gestão e regulação dos serviços próprios e conveniados
  • Monitorar doenças e agravos
  • Realizar a vigilância sanitária sobre produtos e serviços de interesse da saúde
  • Visar uma população mais saudável